24 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
30/04/24 às 17h00 - Atualizado em 30/04/24 às 17h00

Obras na Hélio Prates chegam à etapa de preparação do solo para receber pavimentação

COMPARTILHAR

Aos poucos a paisagem do centro de Taguatinga vai mudando com o avançar das obras de requalificação da Avenida Hélio Prates. O Governo do Distrito Federal (GDF) investe mais de R$ 56 milhões para modernizar e ampliar essa importante via de ligação entre a região administrativa e Ceilândia. O objetivo é trazer mais funcionalidade e acessibilidade ao centro da cidade, melhorando a mobilidade urbana.

A obra, executada por empresa contratada pela Secretaria de Obras e Infraestrutura do DF (SODF), está em sua segunda etapa. O trecho que passa por intervenções tem 5 km de extensão e está localizado entre a Feira dos Goianos e o Pistão Norte. No local, são executados serviços de terraplanagem para recebimento da camada de brita graduada simples (BGS), que antecede a aplicação da massa asfáltica.

O objetivo é trazer mais funcionalidade e acessibilidade ao centro de Taguatinga, melhorando a mobilidade urbana | Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

O engenheiro executor do contrato, Alex Costa e Silva, explica que a camada de BGS atua como uma base sólida para a pavimentação de ruas e também auxilia na drenagem das águas pluviais, impedindo o acúmulo de poças e prolongando a vida útil do asfalto. “A brita graduada simples é usada em sub-base de pavimentos. Ainda esta semana, pretendemos iniciar o asfaltamento. Aqui serão quatro faixas, sendo duas de pavimento rígido e as demais em asfalto”, detalhou.

Segundo o servidor, as duas faixas de rolamento em pavimento rígido serão utilizadas para deslocamento de ônibus convencionais e do BRT, respectivamente. As demais serão destinadas ao tráfego de carros de passeio e motocicletas. “O concreto tem uma durabilidade maior, e é mais resistente para suportar o peso e frenagem dos veículos mais pesados”, acrescentou.

Além da pavimentação, as equipes executam, em paralelo, a ampliação das calçadas que margeiam a avenida

Além da pavimentação, as equipes executam, em paralelo, a ampliação das calçadas que margeiam a avenida. Mais modernos e acessíveis, os passeios são confeccionados com três tipos de concreto diferente – convencional, pigmentado e estampado – e terão piso podotátil para auxiliar na orientação e segurança de pessoas com deficiência visual ou baixa visão.

Moradora da QNH, em Taguatinga, Irene Alves da Silva, de 63 anos, elogia a qualidade das novas calçadas entregues pelo GDF. “Ficou menos perigosa, especialmente para os idosos e pessoas com deficiência. Era algo que precisava, realmente, de uma atenção”, avaliou.​

A técnica em radiologia também comemora a recuperação da avenida. “Sabemos que gera um transtorno, mas é necessário. Já tive muito prejuízo, perdi pneu do carro aqui, porque tinha muito buraco. Tenho certeza que agora vai melhorar”, continuou.

Etapa entregue

O projeto para a nova Avenida Hélio Prates prevê, ainda, outros serviços como o reordenamento e pavimentação de estacionamentos; implantação de ciclovia, paisagismo e mobiliário urbano; e execução de obras no interior do Parque Ecológico do Cortado, com implantação de lagoas de detenção e solução para contenção de erosão junto ao mirante do parque.

Em abril do ano passado, o GDF entregou a primeira etapa das obras na avenida. A fase contou com investimento de R$ 20,2 milhões e revitalizou trecho de aproximadamente 2,5 km de extensão. Na ocasião, somado aos novos pavimentos e calçadas, foram entregues bancos para a população, estacionamento organizado, via marginal e faixa de rolamento em pavimento rígido, além de rede de águas pluviais.

 

(Com Informações da Agência Brasilia)

Mapa do site Dúvidas frequentes