23 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
30/07/19 às 18h52 - Atualizado em 31/07/19 às 8h45

Taguatinga ganha “Espaço Empreende Mais Mulher” para atender mulheres empreendedoras

COMPARTILHAR

 

 

 

 

 

 

O empreendedorismo feminino nunca esteve tão em alta como ultimamente. Mulheres têm buscado cada vez mais empreender. Foi inaugurado nesta terça-feira (30) o Espaço Empreende Mais Mulher, nas dependências da Agência do Trabalhador, no Setor Central de Taguatinga. Lá, elas poderão se dedicar a essa ação empreendedora e transformar não só a sua realidade, mas também de outras pessoas ao seu redor.

A Administradora Regional de Taguatinga, Karolyne Guimarães, agradeceu ao governo pela valorização das mulheres, dizendo que o mundo é delas “porque temos potencial”. E avisou: “o espaço não existe para colocar a mulher como coitadinha. Ele abre as portas para que as mulheres possam empreender. No Brasil, quem mais abre empresas são as mulheres”.

De acordo com a administradora de Taguatinga, Karolyne Guimarães, o Espaço Empreende Mais Mulher, permite que as mulheres tenham o próprio negócio e lucrem com ele. "O empreendedorismo feminino empodera, dá mais espaço e visibilidade para essas mulheres e oferece uma nova perspectiva de vida para quem realmente precisa”, afirma.

Segundo a administradora, Karolyne Guimarães, a tendência é que o empreendedorismo feminino continue crescendo nos próximos anos e que as mulheres, cada vez mais, assumam papéis estratégicos nesse cenário.

No espaço, também foi lançado pelo Banco de Brasília (BRB) – parceria da Secretaria da Mulher, na Rede Sou Mais Mulher – o cartão Mastercard Mulher, para uso específico das mulheres empreendedoras do Distrito Federal. O cartão estará disponível no mercado a partir do dia 14/8.

A secretária da Mulher, Ericka Filippelli, ressaltou a importância do empreender para a autonomia da mulher. “A proposta é acompanhar a vida dessas mulheres, por meio desse espaço social. Criar um espaço inovador e empreendedor que possibilite a inserção da mulher no mercado de trabalho”, destacou.

O vice-governador, Paco Britto e demais autoridades presentes fizeram o descerramento da placa do espaço, que estará aberto para visitação. Também participaram do evento a secretária Nacional de Políticas para Mulheres, Cristiane Brito; secretários adjuntos; representantes das polícias Civil e Militar e da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), entre outros convidados.

Programa

O Empreende Mais Mulher é um programa voltado para o empreendedorismo feminino, que objetiva ampliar as oportunidades de geração de renda e inserção no mercado de trabalho, por meio de estímulo à ação empreendedora e o desenvolvimento profissional de mulheres em situação de violência e vulnerabilidade financeira.

Ele visa também proporcionar conexão das demandas existentes e as ofertas identificadas no mercado, por meio das parcerias entre a Secretaria da Mulher e as entidades empresariais ou governamentais que integram a Rede Sou Mais Mulher.

Entre as ações do projeto, o curso de capacitação aborda, entre outros temas, liderança; comunicação; vendas; networking; marca pessoal; negociação; finanças e ferramentas digitais.

Fonte: ASCOM/RAIII

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros