17 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/08/19 às 12h09 - Atualizado em 6/08/19 às 16h33

Caminhada contra o feminicídio em Taguatinga

O Brasil é o quinto país do mundo em números de feminicídios, segundo a Organização das Nações Unidas. Um número que não traz orgulho, mas, felizmente, algumas atitudes querem contribuir para mudar essa triste estatística. Como a caminhada que será realizada por um grupo de mulheres, nesta quarta (07) em Taguatinga, na CNB 03. Uma ação voluntária e aberta a todos que quer chamar a atenção e sensibilizar para a questão.

Com concentração marcada para às 7h na CNB 10, o grupo estimado em cerca de 200 mulheres vai se dirigir da CNB 10 a CNB 03 para finalizar o encontro com um café da manhã.

Para a administradora de Taguatinga, Karolyne Guimarães, a caminhada ocorrer justamente no dia em que se comemora a Lei Maria da Penha, não é mera coincidência. “A caminhada é para dar um grito contra o feminicídio e propor o fim da violência contra as mulheres. A meta é combater essas práticas em alta no Brasil “, afirma.

De acordo com a organização, os casos de violência contra a mulher aumentaram no Distrito Federal no primeiro semestre. As tentativas de feminicídio subiram para 55, um crescimento de 77% em relação ao mesmo período de 2018, quando houve 31 vítimas.

“A caminhada é aberta para todos que querem se manifestar contra essa triste constatação. Mulheres e homens. Fizemos uma camisa especial, mas ela não é obrigatória, pedimos apenas que, se for possível, venham com uma camisa rosa bebê”, convida a presidente do Instituto Mulheres Feminicídio Não! Lúcia Erineta, organizadora do evento.

Serviço

Caminhada Mulheres Feminicídio Não!

Data: 7 de agosto de 2019 (quarta-feira)

Local: CNB 10, Taguatinga Sul

Programação

7h30 às 8h – Concentração

9h – Início da caminhada

13h – Fim da caminhada

Fonte: ASCOM/RAIII

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros