21 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
30/04/18 às 15h21 - Atualizado em 25/07/19 às 9h53

Espaço da Mulher – PRÓ-VÍTIMA SEJUS

                                                                                   

 

No Dia Nacional da Mulher (30 de abril), vítimas de violência física, psicológica, sexual, moral e patrimonial ganharam mais um local para serem acolhidas e receberem acompanhamento: o Espaço da Mulher, situado na Administração Regional de Taguatinga.

As vítimas serão atendidas individualmente. O primeiro passo é o acolhimento e, em seguida, vêm os atendimentos psicológico e jurídico.

Administradora regional de Taguatinga, Karolyne Guimarães informou que serão oferecidos cursos, palestras e oficinas para incentivar o empreendedorismo, graças a uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Distrito Federal (Sebrae-DF).

O atendimento será agendado e sigiloso. Crianças  em situação de risco social serão acolhidas  por psicóloga , em uma ludoteca, a ser inaugurada.

O acompanhamento varia de acordo com a disponibilidade da equipe psicossocial e dos profissionais voluntários que estarão envolvidos no projeto.

Segundo o secretário de Justiça e Cidadania, Francisco de Assis da Silva, o núcleo também está presente na Asa Sul, em Ceilândia, no Guará e no Paranoá. “Em parceria com o Judiciário, abriremos em Planaltina, no fórum da região”, adiantou.

O projeto conta com parceiros e apoiadores como: Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania, por meio do Núcleo Pró-Vítima, Delegacias Civis de Taguatinga, Secretaria de Estado da Mulher, Secretaria das Cidades, Juizado da Mulher e coordenação do Núcleo Judiciário da Mulher -TJDFT, OAB-Taguatinga, Secretaria das Relações Institucionais do GDF.

O Espaço da Mulher funcionará de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

 

PRÓ-VÍTIMA O QUE É?

O Pró-vítima é um programa de atendimento de psicologia e de assistencia social voltado à vítima de violência doméstica, famíliar, psicológica, física, sexual e institucional. É ofertado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUS), por meio da Subsecretaria de Apoio a Vítimas de violência (SUBAV).

Ao buscar o programa, as vítimas são acolhidas e orientadas sobre seus direitos socioassistenciais, além de participarem de sessões de terapia de apoio individual, com foco na violência vivenciada, para o restabelecimento do equilíbrio mental e emocional.

QUEM PODE PARTICIPAR ?

Os serviços pró-vítimas são gratuítos, para todas as pessoas, independentemente de idade, identidade de gênero, condição social, não havendo necessidade de comprovação de hipossuficiência econômico-financeira.

COMO INGRESSAR NO PROGRAMA ?

A vítima de violência pode buscar os núcleos de atendimento do Pró-Vítima de forma espontânea ou ser encaminhada por instituições e?ou autoridades públicas, assim como por amigos, parentes ou pessoas da família ou  comunidade.

 

ATENDIMENTO

PRÓ-VÍTIMA – SEJUS

Endereço: st. Central, Praça do Relógio, Lote 6 – Taguatinga

Horário: das 8h às 12h e 14h à 18h de segunda a sexta-feira

Telefones: (61) 2104-4289/4265

E-mail:http://www.sejus.df.gov.br/

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros